Logomarca
segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Nanta comemora 25 anos de certificação de qualidade AENOR

Nanta comemora 25 anos de certificação de qualidade AENOR

Nanta comemora 25 anos da sua primeira certificação de qualidade pela AENOR

Em 1995, a Nanta foi o primeiro fabricante ibérico, de rações compostas para alimentação animal, a obter a certificação de qualidade ISO 9001 da AENOR. Com base na norma internacional ISO 9001, um dos sistemas de qualidade mais reconhecidos internacionalmente, este certificado declara que a Nanta implementou um sistema de gestão que aposta na eficiência, qualidade e melhoria contínua como forma de alcançar a excelência no serviço ao cliente.

“Além de ser uma certificação de padrão de qualidade, o Certificado ISO 9001 da AENOR significou uma melhoria muito importante na gestão, tanto a nível produtivo como empresarial. Isso levou-nos a criar procedimentos padrão e que o trabalho de todos fosse efetuado com o mesmo tipo de informação e na mesma direção." ― Pedro Cordero, diretor geral da Nanta ―.

A Nanta é hoje a empresa líder em nutrição animal da Península Ibérica devido ao seu potencial de produção, comercialização, serviço e da sua capacidade de colocar no mercado inovações importantes para o setor, transformando-as em produtos e métodos práticos e úteis para os clientes. Não é de estranhar, já que desde a sua fundação em 1968, a Nanta sempre deu - como explica António Santana, diretor da Nanta em Portugal - a maior prioridade à qualidade, inovação e segurança alimentar. “A Nanta, nas suas origens, já era uma empresa muito focada na inovação. A busca por confiança com produtos seguros para a alimentação animal não parou. Este nível de controle de qualidade, com o uso das tecnologias mais recentes, tem dado à Nanta o reconhecimento do mercado desde o seu início.”

Durante mais de 25 anos, a Nanta continuou a trabalhar no seu compromisso de cuidar de todos os processos para um sistema de excelente qualidade. “Implementámos a primeira rede NIR em Espanha, na Europa e quase o diria a nível mundial. Quinze anos depois, é uma prática comum no nosso setor. As certificações ISO e a forma de trabalhar a qualidade também foi algo inovador na época e, felizmente, hoje é mais comum”, destaca Jesús Lizaso, diretor de formulação, qualidade e nutrição da empresa.

 

A Nanta é do mesmo modo pioneira na obtenção, em 2008, do Certificado de Gestão de Segurança Alimentar AENOR ISO-22000, que demonstra perante toda a cadeia alimentar que, entre outras atividades, a empresa planeja, implementa, opera, mantém e atualiza um sistema de gestão de segurança alimentar que visa fornecer produtos seguros para os animais e, portanto, para o consumidor final. Em 2009, a empresa alcança também o Certificado de Gestão Ambiental ISO 14001, com o qual a Nanta demonstra o seu compromisso com o planeta, controlando e adaptando, à legislação em vigor, os impactos da sua atividade no ambiente.

O futuro da Nanta é marcado pela sustentabilidade, colocando à disposição dos agricultores - no âmbito do seu projeto “Nutrição Sustentável” (www.nutricionsostenible.com) - toda a experiência, conhecimento e inovação da empresa, de forma a fornecê-los de ferramentas e recursos para produzir no âmbito de uma Sustentabilidade integral: económica, social e ambiental.

O Compromisso da Nanta é assumir os objetivos dos seus clientes na primeira pessoa, enfrentando com responsabilidade o desafio de ajudar os agricultores a alimentar o mundo. Para tal, ajuda a aumentar a produção com eficácia e eficiência que se traduzem em rentabilidade para as explorações dos seus clientes e otimiza recursos a partir da sustentabilidade, sempre contando com pesquisa e inovação para garantir a máxima saúde animal, qualidade e segurança alimentar.